SOB CUSTÓDIA - Porque Não Precisamos de Copa

18/06/2013 15:57

 

Seguindo a análise sobre os protestos que tomaram e continuarão tomando as ruas da nação, cabe analisar o motivo pelo qual a Copa do Mundo está sendo tão criticada e porque não precisamos dela para o país neste momento.

Primeiro de tudo, basta analisarmos os gastos dos últimos três países que sediaram o evento. A Coreia do Sul e o Japão em 2002 gastaram US$16 Bilhões, a Alemanha gastou em 2006 a quantia de US$6 Bilhões e a África do Sul gastou o montante de U$8 Bilhões em 2010 para realizar seu torneio. Juntos, gastaram US$30 Bilhões para a realização de três Copas.  O Brasil gastou, até o momento, US$33 Bilhões de reais, montante superior ao das três últimas edições juntas. Primeiro motivo.

O segundo motivo é que haveria condições de fazer o evento com bem menos dinheiro, aproveitando a infraestrutura de Estádios que já possuíamos e as oportunidades que estavam surgindo. Em São Paulo, não seria necessário o investimento de dinheiro público na Arena Corinthians. O estádio sairia de qualquer forma e, se São Paulo fizesse questão de possuir a abertura do evento, poderia ser aproveitada a construção da Arena Palestra, projeto compatível com o desejado pelos organizadores. No Rio Grande do Sul, ao invés de se investir na reforma do Beira-Rio, a Arena Grêmio, padrão FIFA, poderia ter sido aproveitada para realizar o evento.

Além destes exemplos básicos, é um exagero construir um Estádio em Manaus, outro em Cuiabá, um em Natal e outro em Brasília. O futebol brasileiro de alto nível sequer chega até  estes centros. Com oito estádios ao invés de 12, a Copa poderia ser feita sem problemas.

Também podemos considerar a reforma do Maracanã  um gasto ridículo. O estádio era perfeitamente confortável e moderno antes de ser reconstruído. Gastou-se dinheiro público em uma reforma desnecessária e criminosa, que passou por cima do tombamento histórico do local.

Não existem motivos para que a Copa seja apoiada. Gostaria sinceramente de ver os Estádios inúteis (Manaus, Cuiabá, Natal, Brasília) serem transformados em complexos hospitalares ou educacionais que sanassem os problemas públicos destas cidades. Gostaria que os outros Estádios, usurpados pela iniciativa privada, fossem devolvidos ao Estado para que o dinheiro investido seja recuperado. Adeus Eike, adeus concessionárias. Não queremos mais vocês em nosso país.

As manifestações continuarão por todo o Brasil. Espero que vocês estejam lá, ou que pelo menos falem delas nas redes sociais. Toda ajuda é válida.

Não precisamos de Copa do Mundo. Se ela precisar sair para que o país entre nos eixos, que assim seja. Não recuaremos um passo.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!