SÃO CARLOS - Secretário de Ciência e Tecnologia participa de audiência pública na Câmara Municipal

05/04/2013 20:44

 

FotoO secretário de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia, José Galizia Tundisi, participou de uma audiência pública realizada na Câmara Municipal na última quinta-feira (4).

Com o tema Educação Ambiental e a IV Conferência Nacional do Meio Ambiente que será realizada em Brasília entre os dias 24 e 27, o secretário expôs as políticas de meio ambiente em uma discussão ampla e democrática, voltada principalmente aos resíduos sólidos. A audiência aberta ao público contou com a presença de estudantes, membros de associações e ONGS, trabalhadores da coleta seletiva e a população são-carlense, que na ocasião tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas e opinar sobre assuntos voltados ao meio ambiente.

De acordo com Tundisi todos os resíduos da construção civil, industrial, tóxicos, domésticos especialmente recicláveis, que são resíduos de origem orgânica, assim como outros tipos de resíduos, por exemplo, eletrônicos, pilhas e lâmpadas fluorescentes é um grande problema para o meio ambiente. “O objetivo é contribuir para a implantação de um aterro regional para resíduos sólidos, a fim de melhorar o consumo sustentável e consequentemente reduzir os impactos ambientais,” enfatizou Tundisi.

O secretário também destacou as melhorias e a ampliação dos serviços dos ecopontos e da coleta seletiva. “Os ecopontos serão aperfeiçoados, melhorados e ampliados, assim como a coleta seletiva em que deverá ser ampliado o número de cooperativas a fim de proporcionar melhores condições aos cooperados, que precisam de educação, treinamento profissional, uniformes adequados e condições de trabalho,” explica.

Para o coordenador geral da Associação “Veracidade”, Djalma Nery Ferreira Neto, a oportunidade foi de aprendizado e aconteceu de forma mutua já que a sociedade pôde aprender como é o funcionamento da gestão. “Muitas vezes a gente não tem conhecimento de como funciona a gestão pública e esse é o momento de esclarecer esses pontos,” afirma Neto.

A audiência que foi solicitada pelo vereador Ronaldo Lopes, contou com a presença de Cláudio Spinoza idealizador e diretor da Associação Morada das Flores de São Paulo, Bruno de Paula da Associação Veracidade e Wilson Tadeu Lopes da Silva da Embrapa, além dos vereadores Aparecido Donizetti Penha, Rodson Magno e Walcinyr Bragatto.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!