IBATÉ - Profissionais da Saúde Mental de Ibaté participam de encontro em Araraquara

13/03/2013 11:49

 

No último mês, os profissionais da saúde mental do setor infantil e adulto do município de Ibaté participaram de um encontro de trabalho em Araraquara. Esta oficina faz parte do projeto de Educação Permanente em Saúde Mental, pioneiro na região, do qual fazem parte os 24 municípios do Departamento Regional de Saúde III – Araraquara.

O projeto tem como objetivo proporcionar comunicação entre profissionais da saúde mental em nível municipal e regional, assim como melhorar processos de trabalho nesta área e, consequentemente, aprimorando o cuidado oferecido à pessoa (criança, adolescente, adulto e idoso) que venha a apresentar algum problema de saúde mental.

Nesta oficina estiveram presentes profissionais participantes do projeto em todos os municípios da região de saúde, facilitadores do projeto e profissionais da Secretaria de Estado da Saúde. O encontro foi proveitoso, os municípios apresentaram suas realidades de saúde mental uns aos outros e puderam compartilhar experiências. O grande desafio atual para esta área está em trabalhar de forma a estabelecer parcerias em rede, ampliando o cuidado oferecido para a população. A rede foi tecida através da identificação dos serviços que cada município oferece e, logo após, foi identificada a relação entre as cidades e compartilhamento destes equipamentos de forma regional.

As profissionais que participaram do evento avaliaram o encontro como positivo. “O encontro nos proporcionou uma visão geral sobre a configuração desta rede de cuidados em saúde mental em nossa região e, ainda, os desafios que precisam ser enfrentados para o oferecimento de tratamentos de maior qualidade e efetividade”, analisou a Terapeuta Ocupacional Alana de Paiva Nogueira Fornereto Gozzi.

 

Mas afinal, do que se trata a saúde mental?

Saúde Mental é o equilíbrio emocional entre o patrimônio interno e as exigências ou vivências externas. É a capacidade de administrar a própria vida e as suas emoções dentro de um amplo espectro de variações sem contudo perder o valor do real e do precioso. É ser capaz de ser sujeito de suas próprias ações sem perder a noção de tempo e espaço. É buscar viver a vida na sua plenitude máxima, respeitando o legal e o outro. Saúde Mental é estar de bem consigo e com os outros. Aceitar as exigências da vida. Saber lidar com as boas emoções e também com as desagradáveis: alegria/tristeza; coragem/medo; amor/ódio; serenidade/raiva; ciúmes; culpa; frustrações.

Reconhecer seus limites e buscar ajuda quando necessário (https://www.saude.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=1059).

Cuidar da saúde mental é algo que todos podemos fazer ao realizar atividades que nos proporcionem bem-estar e melhoria de vida, como frequentar as atividades no centro comunitário, no centro do idoso, academias, parques públicos e centro cultural, dentre outros. No entanto, em alguns casos pode ser necessária a intervenção de um profissional especializado, como um terapeuta ocupacional, um psicólogo, um fonoaudiólogo ou um médico. Nestes casos, o cidadão pode encontrar ajuda através dos postos de saúde da família, dos ambulatórios especializados ou no hospital.

 

Onde procurar ajuda especializada em Ibaté?

No nosso município, há dois serviços de atendimento na área de saúde mental. O Ambulatório Municipal de Especialidades Dr. Ivo Morganti, na Rua Conde do Pinhal 780, oferece os serviços de atendimento de fonoaudiologia infantil e adulto, psicologia e terapia ocupacional infantil.

Já o Ambulatório de Saúde Mental, na Rua Dr. Teixeira de Barros 1100, oferece os serviços de psicologia e terapia ocupacional para adolescentes e adultos (com mais que 12 anos de idade) e psiquiatria para adultos com mais que 18 anos de idade.

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!